PDVE tem de ser decisão do bancário

02/08/2017 - 17:00

PDVE tem de ser decisão do bancário

O Bradesco anunciou no dia 13 de julho, um Plano de Desligamento Voluntário Especial (PDVE), mas não informou a meta de número de funcionários a serem alcançados. O Sindicato dos Bancários de Patos e Região, destaca que a adesão dos trabalhadores deve ser de fato voluntária e orienta os bancários a denunciarem à entidade qualquer tipo de pressão. 

“O PDVE não pode de forma alguma ser imposto ao trabalhador. Aderir ao plano tem de ser uma decisão que cabe única e exclusivamente ao funcionário. O que é bom para um, pode não ser para outro, por isso é fundamental que cada bancário avalie bem se o que está propondo o banco é vantajoso para ele”, ressalta o  Secretário de Saúde do Sindicato dos Bancários de Patos e Região, Renato Sousa.

São elegíveis ao PDVE os bancários que já estejam aposentados pelo INSS,  ou que estejam aptos a requerer o benefício previdenciário da aposentadoria por idade ou tempo de contribuição, integral ou proporcional, até 31 de agosto de 2017. No caso dos trabalhadores de departamentos e coligadas, a única exigência é tempo mínimo de trabalho de 10 anos no Bradesco ou em empresas incorporadas.

Comentar

CAPTCHA
This question is for testing whether or not you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
2 + 15 =
Resolva este problema matemático simples e digite o resultado. Por exemplo para 1+3, digite 4.
Atualizar Digite os caracteres que você vê nesta imagem. Digite os caracteres que você vê na imagem acima; se você não conseguir lê-los, envie o formulário e uma nova imagem será gerada. O sistema não diferencia maiúsculas de minúsculas.  Switch to audio verification.

Comentários recentes

Newsletter

Mantenha-se informado com nosso boletim online

Denuncie